7up7down

7up7down - CEO da Vale nega convite para ir à Petrobras, mas afirma

Durante evento com jornalistas, Murilo Ferreira refutou os rumores levantados na imprensa de que ele teria sido cogitado para assumir a vaga de Graça Foster na petrolífera; contudo, ele acredita que a empresa ficará mais forte em 2015

Lara Rizério

Publicidade

SÃO PAULO – O presidente da Vale (VALE3;VALE5), Murilo Ferreira, negou a repórteres nesta terça-feira (16) que tenha sido convidado para substituir Graça Foster no comando da Petrobras (PETR3;PETR4). Ferreira disse que está totalmente focado nos projetos da mineradora.

Segundo matéria de hoje da Folha de S. Paulo, o nome do presidente da Vale passou a ser um dos mais cotados para ser o presidente da estatal, em meio à crise que a petroleira vive com a deflagração do esquema de corrupção na companhia.

Ele ainda falou sobre a economia brasileira, destacando que a perspectiva econômica para 2015 ainda é “muito preocupante” e ainda opinou sobre os preços do petróleo, que seguem em forte queda refletindo a demanda mais fraca – atualmente o barril da commodity está cotado abaixo de US$ 60, algo que não era visto desde 2009. Vale lembrar que o minério de ferro – principal produto da Vale – também está nas mínimas desta década, sendo negociado atualmente na faixa de US$ 70.

Continua depois da publicidade

Contudo, Ferreira tem demonstrado bastante irritação com os esquemas de corrupção da Petrobras, algo que é percebido nos corredores da Vale. Segundo pessoas que trabalham dentro da empresa, ele declarou que também está investigando os contratos da mineradora com empreiteras e chegou a afirmar que, em 2015, a Petrobras certamente estará mais forte.

Lara Rizério

Editora de mercados do 7up7down, cobre temas que vão desde o mercado de ações ao ambiente econômico nacional e internacional, além de ficar bem de olho nos desdobramentos políticos e em seus efeitos para os investidores.

7up7down Mapa do site