7up7down

Conteúdo editorial apoiado por

7up7down - Veja preço do seguro de carros mais vendidos no Brasil em julho

Valor médio é de R$ 4.671,49, para homens; e R$ 2.771,28, para mulheres

Gilmara Santos

carros estacionados

Publicidade

O valor do seguro dos carros mais vendidos do país se manteve praticamente estável no mês de julho, depois de queda em junho estimulada pelo programa do governo federal que garantiu a redução nos preços dos veículos populares. É o que mostra levantamento da Minuto Seguros.

Em julho, foi registrado um pequeno aumento de 1,8% nos valores para o perfil masculino. O perfil feminino, por sua vez, obteve queda de 5,5%. O ranking abrange 11 capitais brasileiras e usa como base os valores de 15 seguradoras.

A média geral para todos os modelos e capitais é de R$ 4.671,49 para o perfil masculino e R$ 2.771,28 para o feminino. O mapeamento segue lista divulgada pela Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores).

Masterclass

O Poder da Renda Fixa Turbo

Aprenda na prática como aumentar o seu patrimônio com rentabilidade, simplicidade e segurança (e ainda ganhe 02 presentes do 7up7down)

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Para Marcia Camacho, diretora de operações da Minuto Seguros, as cotações confirmam uma tendência de queda no valor das apólices. “Isso era esperado na análise de julho, já que muitos carros populares contaram com desconto no seu valor, o que refletiu diretamente no preço do seguro”, destaca.

Confira, abaixo, ranking dos seguros mais baratos e mais caros:

Top 3 seguros mais caros
Perfil masculino

  1. Renegade Longitude: R$ 6.641,48 (Não consta no mês passado)
  2. Nivus Comfortline: R$ 5.114,30 (Não consta no mês passado)
  3. T-Cross: R$ 4.979,34 (-4,8%)

Perfil Feminino

  1. Renegade Longitude: R$ 4.073,43 (Não consta no mês passado)
  2. T-Cross: R$ 3.371,89 (-2,8%)
  3. Nivus Comfortline: R$ 2.970,63 (Não consta no mês passado)

Top 3 seguros mais baratos
Perfil masculino

  1. Novo HB20 Sense: R$ 3.717,99 (-4,4%)
  2. Novo Onix Hatch: R$ 4.173,23 (-4%)
  3. Novo Polo Comforline: R$ 4.176,56 (-7%)

Perfil Feminino

  1. Mobi Easy: R$ 2.151,49 (-14,2%)
  2. Novo Polo Comfortline: R$ 2.343,67 (-17,3%)
  3. Novo Onix Hatch: R$ 2.383,57 (-10,8%)

Das 11 capitais analisadas, Florianópolis (SC) apresentou os menores preços médios para o perfil masculino, dentre os 10 modelos analisados, com valor de R$ 2.965,89 (-2,3%). Para o perfil feminino, a capital foi Curitiba, onde o custo é de R$ 2.193,09 (-33,3%).

O Rio de Janeiro obteve os maiores preços médios no perfil masculino: R$ 6.082,58 (+1,4%). Enquanto isso, Salvador liderou no perfil feminino: R$ 3.441,36 (+6,3%).

O Novo Polo Comfortline se mantém em primeiro na lista dos mais vendidos, registrando a maior queda em ambos os perfis. No masculino, o modelo atinge o valor médio do seguro de R$ 4.176,56 (-7%). Já no feminino, o preço médio é de R$ 2.343,67 (-17,3%).

A maior variação para o perfil masculino ocorreu em Porto Alegre, onde o modelo alcançou R$ 4.175,12 (-12,6%), enquanto uma das maiores variações para o perfil feminino se deu em São Paulo, chegando a R$ 1.791,74 (-32,8%).

O Mobi Easy continua em quarto na lista e, apesar de registrar aumento em algumas capitais, tem uma queda na média dos preços dos perfis masculino e feminino. A maior variação em ambos os perfis se deu em Curitiba, onde chegou a R$ 3.839,26 (-21,2%) no perfil masculino, e R$ 1.580,46 (-35%) no perfil feminino.

O percentual de variação média para esse automóvel é de -1,7% para os homens e de -14,2% para as mulheres. A média dos valores é R$ 4.678,32 (masculino) e R$ 2.151,49 (feminino).

O Novo HB20 Sense, que sobe de sexto para o segundo modelo mais vendido do mês, também registra uma queda nos dois perfis. No perfil masculino, a média dos valores atinge R$ 3.717,99 (-4,4%). Já no perfil feminino, a média fica em R$ 2.521,43 (-6,5%).

A maior variação para o masculino é no Rio de Janeiro, onde chega a R$ 4.195,15 (-16,7%). Já no feminino, a variação mais expressiva se dá em Curitiba, onde o valor é de R$ 2.107,83 (-36,6%).

Veja também:

Gilmara Santos

Jornalista especializada em economia e negócios. Foi editora de legislação da Gazeta Mercantil e de Economia do Diário do Grande ABC.

7up7down Mapa do site