7up7down

7up7down - Pela primeira vez em cinco anos, BHP Billiton registra queda no lucro semestral

Ganhos foram de US$ 6 bilhões no segundo semestre de 2007, com queda de 2,8% frente ao registrado em 2006

Giulia Santos Camillo

Publicidade

SÃO PAULO – A BHP Billiton, maior mineradora do mundo, divulgou os resultados do segundo semestre de 2007, reportando receita de US$ 25,5 bilhões, em comparação com US$ 22,1 bilhões do mesmo período em 2006.

Já o Ebitda – geração operacional de caixa – atingiu US$ 11,2 bilhões, um aumento de 6,4% com relação ao ano anterior, que foi de US$ 10,5 bilhões.

Em contrapartida, pela primeira vez em cinco anos, a empresa anglo-australiana registrou queda nos lucros, que passaram de US$ 6,2 bilhões no segundo semestre de 2006 para US$ 6 bilhões no mesmo período de 2007, com redução de 2,8%.

Treinamento Gratuito

Manual dos Dividendos

Descubra o passo a passo para viver de dividendos e ter uma renda mensal previsível, começando já nas próximas semanas

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Resultados fortes

Apesar da diminuição do lucro, a BHP considera a performance positiva, com aumento do dividendo em 45%, para US$ 0,29 por ação, demonstrando “confiança na habilidade de geração de caixa e estratégias”.

Ademais, a empresa obteve resultado recorde na produção de sete commodities e nos ganhos dos setores de petróleo, manganês e minério de ferro.

Perspectivas

De acordo com o comunicado da BHP, os resultados menores foram causados pela desvalorização do dólar, aumento do custo de produção e redução do preço de alguns minérios.

Continua depois da publicidade

Para este ano, o enfraquecimento da economia dos EUA promete afetar o crescimento da economia global e a demanda pelas commodities, principalmente nos países da Europa Ocidental e EUA.

Entretanto, a empresa acredita que os impactos nos países emergentes deve ser reduzido. Como grande parte da demanda deve vir da China e da Índia, o enfraquecimento do consumo nos EUA não deve afetar largamente a produção da BHP.

Ações em forte baixa

As ações da BHP em Sydney tiveram a maior queda em 20 anos, desvalorizando 7,5% em meio à divulgação dos resultados e aumento da proposta de aquisição da Rio Tinto de US$ 134 bilhões para US$ 147,4 bilhões.

7up7down Mapa do site