7up7down

7up7down - Bitcoin e Ethereum se aproximam de níveis de sobrevenda; o que isso significa?

Indicador mostra que traders podem estar próximos de se posicionar no mercado esperando ganhos até o final do ano

CoinDesk

(Kanchanara/Unsplash)

Publicidade

*Por Glenn Williams

Os preços de Bitcoin (BTC) e do Ethereum (ETH), que caíram 4% e 12% nos últimos sete dias, estão se aproximando de níveis de sobrevenda, aponta o Índice de Força Relativa (RSI, na sigla em inglês). Mas, por que isso é importante?

O RSI é uma ferramenta comumente usada na análise técnica. Eu pessoalmente uso com frequência, com a ressalva de que costumo usar um RSI de 10 dias em vez do mais convencional RSI de 14 dias.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Parte da popularidade do RSI se deve ao seu conjunto relativamente direto de “regras”. Embora não sejam rígidas, elas permitem que novatos e profissionais experientes avaliem rapidamente o nível de preço de um ativo e determinem onde ele se enquadra na faixa entre barato x caro.

Em geral, uma leitura do RSI de 70 ou mais indica que um ativo está “sobrecomprado”, enquanto uma leitura de 30 ou menos indica que um ativo está “sobrevendido”. Os níveis do RSI para BTC e ETH estão em cerca de 32 e 34, respectivamente – ou seja, ambos muito próximos da zona de sobrevenda.

Dito isso, traders que usam o RSI isoladamente podem estar procurando abrir posições compradas no mercado, com a justificativa de que a queda já foi longe demais. Mas, isso funcionou historicamente?

Continua depois da publicidade

Olhando para o preço do Bitcoin em janeiro de 2015, e do ETH em novembro de 2017, temos o seguinte:

O RSI do BTC caiu abaixo de 30 por 106 vezes. Os retornos médios de um dia, sete dias e 30 dias após uma leitura abaixo de 30 foram de 1,3%, 3,8% e 7,2%, respectivamente.

O RSI do ETH caiu abaixo de 30 por 118 vezes, o que implica que o ETH foi, historicamente, um ativo sobrevendido com mais frequência do que o BTC, apesar do intervalo de datas mais curto. Os retornos médios de um dia, sete dias e 30 dias após uma leitura abaixo de 30 foram 0%, -1,8% e 13,5%.

Diante disso, os níveis atuais do RSI apontam para certa chance de ganhos. Nesse conjunto de dados, BTC e ETH ficaram essencialmente estáveis ​​nos períodos de um e sete dias após entrarem em estágio de sobrevenda, seguidos de retornos médios de 4,6% e 5,5% nos 30 dias seguintes.

Esses dados mostram que, no passado, os investidores obtiveram ganhos comprando BTC e ETH nos níveis atuais do RSI. Eles se saíram melhor, no entanto, ao comprar quando o RSI caiu abaixo de 30.

Em última análise, isso depende de que fatos passados se repitam no futuro, o que certamente não é garantido – especialmente levando em conta o cenário de riscos de contágio no setor cripto e temores macroeconômicos.

De qualquer forma, essas informações devem ser levadas em conta pelos investidores que consideram abrir posições no mercado nesse momento.

*Glenn Williams é analista de criptomoedas do CoinDesk

CoinDesk

CoinDesk é a plataforma de conteúdos e informações sobre criptomoedas mais influente do mundo, e agora parceira exclusiva do 7up7down no Brasil: twitter.com/CoinDeskBrasil

7up7down Mapa do site