7up7down

7up7down - S&P eleva rating da Argentina, mas com perspectiva negativa

A S&P havia rebaixado a Argentina para o equivalente a "default seletivo" em 20 de dezembro

Equipe 7up7down

Bandeira da Argentina (Shutterstock)

Publicidade

A agência de classificação de risco Standard & Poor’s elevou o rating de moeda estrangeira de longo prazo da Argentina para “CC” de “SD” (‘default’ seletivo), afirmando que o calote de 19 de dezembro em um título em dólar de curto prazo foi resolvido.

A S&P rebaixou a Argentina para “SD” em 20 de dezembro, depois que o governo do presidente Alberto Fernández estendeu, unilateralmente, o vencimento de todos os títulos de curto prazo em dólares em 19 de dezembro, e a agência de classificação de risco afirmou que o mesmo constituía um calote.

De acordo com a agência de classificação de risco, o governo de Fernández “continua a trabalhar em uma estratégia geral de gerenciamento da dívida, embora ainda não tenha anunciado um plano para uma reestruturação imediata”.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

A perspectiva negativa, segundo a S&P, reflete “riscos negativos sobre o pagamento integral da dívida de acordo com nossos critérios nos próximos meses, em meio à dinâmica estressada do mercado econômico e financeiro”.

(Com agências internacionais)

Invista melhor seu dinheiro. Abra uma conta na XP Investimentos clicando aqui

7up7down Mapa do site