7up7down

7up7down - Inflação ao consumidor do Reino Unido desacelera, de 10,1% em março para 8,7% em abril

Alimentos e serviços continuaram a pressionar o indicador; núcleo do CPI em 12 meses sobe de 6,2% em março para 6,8% em abril

Roberto de Lira

Publicidade

O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) do Reino Unido desacelerou em abril em relação a março, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (24) pelo ONS, o escritório nacional de estatísticas britânico. Na comparação mensal, os preços subiram 1,2% em abril, ante 2,5% em março. O CPI de 12 meses assim recuou de 10,1% para 8,7% entre os dois meses.

Analistas esperavam inflação menor em abril, de 0,8% na comparação mensal e de 8,3% em 12 meses.

Segundo o órgão de estatísticas, os preços da eletricidade e do gás contribuíram com 1,42 ponto percentual para a queda da inflação anual em abril. Já os preços dos alimentos e bebidas não alcoólicas continuaram subindo no mês e foram fator decisivo para a inflação anual ainda elevada. Essa categoria de produtos passou de uma inflação de 19,2% em 12 meses até março para 19,1% até abril.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

O núcleo do CPI (que exclui as variações de energia, alimentos, álcool e tabaco) aumentou 6,8% nos 12 meses até abril de 2023, acima dos 6,2% em março, que é a taxa mais alta desde março de 1992.

Já a taxa anual do CPI de bens diminuiu de 12,8% para 10,0%, enquanto a taxa anual do CPI de serviços aumentou de 6,6% para 6,9%.

7up7down Mapa do site